_____English____Português____Español__

Notícias

Capítulo 5: Agricultura Familiar

O desafio da erradicação da miséria entrou de vez para a agenda política dos líderes mundiais. O Brasil, expoente entre as economias emergentes, figura entre os principais representantes dessa luta, que busca aliar o desenvolvimento econômico à integração social daqueles que ficaram de fora da distribuição dos frutos desse crescimento. A série “Ideias para Erradicar a Miséria” busca promover o debate sobre estratégias de proteção social a partir das experiências dos países em desenvolvimento.

A série consistirá em sete capítulos semanais, que abordarão diversas questões e enfoques sobre a temática da erradicação da pobreza extrema, tais como conceitos de proteção social, diferentes abordagens sobre a gestão de programas de transferência de renda, inovações na geração de empregos e agricultura familiar. Cada capítulo trará um episódio do documentário “Uma Jornada pela Proteção Social no Brasil”, produzido em dezembro de 2010 no âmbito do Programa África-Brasil de Cooperação em Desenvolvimento Social, bem como publicações e materiais de referências do IPC-IG e de sua rede de parceiros.

CAPÍTULO 5: Agricultura Familiar

O direito humano mais fundamental é o direito à alimentação (Assembléia Geral da ONU, 2002). Alimentos adequados e nutritivos são pré-condição para o desenvolvimento humano normal. Crianças bem nutridas são mais propensas ao aprendizado e menos suscetíveis às doenças. O fato é que as economias de baixa renda importadoras de alimentos estão enfrentando cada vez mais dificuldades no acesso a alimentos básicos. A insegurança alimentar crônica persiste, especialmente, na África subsaariana. A recente crise econômica levou mais de 100 milhões de pessoas à fome, em 2008. Dados recentes da ESCAP indicam que a alta de preços dos alimentos e a inflação pode levar mais de 40 milhões pessoas à pobreza em 2010 na Ásia e Pacífico. Diante deste quadro sombrio, como garantir a segurança alimentar nos países em desenvolvimento? Quais políticas públicas e iniciativas têm mostrado resultados positivo nos últimos anos? As recentes experiências e inovações do Brasil e da Índia têm muito a mostrar para o mundo e despertam interesse por parte de diversos países do Sul Global. Uma das lições do Brasil e da Índia é que os pequenos agricultores precisam receber atenção especial por parte do Estado, já que grande proporção da produção de alimentos para consumo interno parte de agricultores familiares, apesar dos mesmos terem sido historicamente prejudicados pela falta de políticas públicas consistentes e pelos privilégios e abundantes subsídios concedidos aos grandes proprietários de terra.

Abordagens que combinam o acesso a alimentos para os segmentos mais vulneráveis da população com o apoio à produção de gêneros alimentícios por agricultores familiares podem trazer benefícios significativos para o combate à fome e à pobreza. A experiência brasileira com o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) mostra ao mundo que o mercado institucional pode desempenhar um papel importante nestas abordagens, garantindo, por um lado, alimentos para doações, e, por outro, uma oportunidade de mercado para os agricultores que de outra forma teriam dificuldade em estabelecer relações comerciais vantajosas. As vantagens geradas por estas abordagens podem ser significativas quando as estratégias de aquisição são executadas considerando a produção local e os padrões locais de consumo.

VÍDEO

“A fome é um fenômeno político construído pelos homens e pela sociedade e, por isso, tem de ser politicamente desconstruída: política pública é investimento, e não custo. Essas estratégias só se tornam sustentáveis, permanentes, com a presença das organizações e atores sociais diretamente envolvidos”

Crispim Moreira – Secretário Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (MDS)

ÁUDIO

Entrevista à Rádio Câmara com Darana Souza - Parte 1 de 2

Darana Souza, pesquisadora do IPC-IG, fala sobre os avanços e desafios na política brasileira de segurança alimentar e nutricional

Entrevista à Rádio Câmara com Darana Souza - Parte 2 de 2

Darana Souza, pesquisadora do IPC-IG, fala sobre os avanços e desafios na política brasileira de segurança alimentar e nutricional

PRÓXIMOS CAPÍTULOS

Capítulo 5 Segurança Alimentar e Nutricional

LEITURA DE APOIO

Conceitos, Definições e Debates sobre Segurança Alimentar e Nutricional:

Leia a pesquisa completa clicando aqui

Titulo:
Agricultura Sustentável: Uma Forma de Escapar da Pobreza Alimentar
Autor: Tuya Altangerel, Fernando Henao
Ano: 2010

Sistemas de Segurança Alimentar e Nutricional ao redor do mundo:

Leia a pesquisa completa clicando aqui

Titulo: A Medição da Pobreza Importa: Aconteceu na Índia
Autor: Nanak Kakwani
Ano: 2009

Leia a pesquisa completa clicando aqui

Titulo: Food Security as a Pathway to Productive Inclusion: Lessons from Brazil and India
Autor: Danuta Chmielewska, Darana Souza
Ano: 2011

MAIS RECURSOS:
Todas as publicações

Links interessantes

Procurar Arquivo

Busca por Data
Busca por Categoria
Pesquise no Google